Sítio Histórico de Belterra – a cidade americana no coração da Amazônia

O que fazer
Sítio Histórico de Belterra – a cidade americana no coração da Amazônia

Conjunto Arquitetônico - Belterra - Foto: João Ramid

O Sítio Histórico de Belterra é um grande exemplo de diversidade paraense. Sua construção foi baseada nos padrões estadunidenses, pela empresa americana Ford que trabalhava com o plantio de seringueiras e produção de látex, no início do século XX. Ficou carinhosamente conhecida como “a cidade americana no coração da Amazônia”.
As vilas ainda mantêm as características arquitetônicas e urbanísticas de uma cidade do interior dos Estados Unidos e foi reconhecida como patrimônio histórico pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) se tornando um verdadeiro acervo histórico e arquitetônico de um pedaço da história econômica da Amazônia.

Como chegar

A partir de Santarém, existem duas opções, a rodoviária, pela BR 163 (Santarém-Cuiabá) passando por Alter do Chão e Pindobal. São 44 km em estrada asfaltada; a outra opção é a via fluvial, pelo rio Tapajós até Aramanaí e a partir daí é preciso utilizar transporte rodoviário para chegar à sede do município.

O que fazer
O visitante pode passear pelo centro histórico para apreciar arquitetura e conhecer um pouco mais sobre a história da cidade americana no interior da Amazônia e observar o urbanismo integrado a densa floresta.

 

Região (Polo): 
Cidade: 

Localização

Mais